Artigo

Operadores De Carga Aumentam Regularidade Nas Rotas Com Melhora Do Cenário Logístico

20 de dezembro de 2022

Embora grande parta da atenção internacional esteja voltada para a queda do volume de contêineres e a decorrente queda nas taxas de frete, o cenário atual também está causando um efeito positivo na regularidade com que as principais operadoras estão executando seus serviços de transporte de carga. Em seu último relatório de mercado, a Sea-Intelligence destaca que a confiabilidade da programação seguida pelos porta-contêineres teve o maior aumento mensal do ano em outubro, parcialmente ocasionado pela desobstrução do congestionamento portuário nos principais portos do ramo.

O CEO da Sea-Intelligence, Alan Murphy relata que tanto a regularidade da rota dos navios de carga quanto o atraso médio das embarcações retornaram a níveis semelhantes aos de 2020. Analisando o desempenho em 34 rotas comerciais e mais de 60 transportadoras diferentes, a Sea-Intelligence mostrou que a confiabilidade do cronograma ultrapassou 50% pela primeira vez em dois ano, enquanto o atraso médio (calculado em número de dias) está em seu ponto mais baixo desde novembro de 2020.

No geral, a confiabilidade e regularidade das transportadoras aumentou em sete dos últimos dez meses, depois de atingir uma baixa histórica de apenas 30% no início de 2022. O declínio começou no final de 2020, atingindo um ponto em que dois em cada três navios navegavam fora da sua programação regular.

Em outubro de 2022, o atraso médio melhorou mais uma vez, caindo -0,31 de um mês para o outro e atingindo a média de 5,56 dias. A média para todo o ano de 2022, no entanto, ainda está em 6,6 dias, muito acima da média histórica de cerca de 4 dias.

As 14 maiores operadoras de cargas apresentaram melhorias ano a ano em sua taxa de confiabilidade, bem como demonstraram melhorias em relação a setembro de 2022. Os avanços mais fortes continuaram vindo das operadoras com base na Ásia, incluindo ONE, COSCO, HMM e Perene. Curiosamente, porém, as maiores operadoras também estão mostrando mais confiabilidade.

A Maersk, por exemplo, foi em setembro a única transportadora com uma confiabilidade acima de 50% e subiu mais três pontos percentuais em outubro. A MSC teve uma das melhorias mensais mais fortes, saltando de pouco mais de 45% em setembro para quase 54% de confiabilidade em outubro. A CMA CGM foi a única outra operadora com taxa de confiabilidade acima de 50% em outubro.

Fonte: The Maritime Executive

Mais antigo:

«
Mais novo:

»